sexta-feira, 25 de maio de 2012

Cessna 550 Citation Bravo

    Após um período de ausência, o Spotting regressa com uma sequência de imagens de uma aeronave que aterrou hoje dia 25 de Maio de 2012 em LPFL.   


     
     O Cessna 550 Citation Bravo, com a matrícula D-CELI, é uma aeronave propriedade de uma empresa designada " Euro Link GmbH" (http://www.treatmentingermany.com/hospitals-and-clinics/hc-directory/?entryid67=209059) e que está ligada ao transporte de doentes.
    Esta companhia aérea tem a sua sede em Munique e opera na Europa, África e Médio Oriente.


   
  A vinda desta aeronave à Ilha das Flores deveu-se ao facto de, uma cidadã de nacionalidade alemã que se encontrava na residência de uns amigos, ter sofrido uma queda efetuando uma fratura do pé.
      Conforme informou a proprietária da casa onde se encontrava a cidadã em causa, após ter sido presente a consulta no Centro de Saúde das Flores, o seguro de saúde foi de imediato acionado, obrigando à vinda do Cessna às Flores, para assim efetuar a evacuação da doente diretamente para Munique. 


     
    Todo este aparato demonstra e reforça que não é por acaso que a Alemanha se encontra no topo da cadeia económica de uma Europa cada vez mais fragilizada pela conjuntura atual.


6 comentários:

Bio disse...

Realmente é impressionante a eficacia do sistema de saude Alemão, em tudo semelhante ao Português, de forma inversa

Bruno Costa disse...

Sem dúvida, gostaria dever se fosse o inverso. Ia o Falcon nos buscar à Alemanha!

Rui Sousa disse...

Suponho que seja um seguro de saúde privado...

Bruno Costa disse...

Sim pelo que foi possível apurar era um seguro de saúde privado, mas mesmo assim...

Anónimo disse...

Boa tarde. Qualquer um de nós pode ter um segeuro desses em Portugal e caso nos aconteça algo, um avião da companhia de seguros vai-nos buscar! Não percebo porquê tanto reclamar do sistema de saúde português porque o alemão é idêntico, e sem seguro isto também não se passava lá. Cumprimentos.

Bruno Costa disse...

Caríssimo (a) anónimo (a) das 18H31,gostaria de esclarecer apenas duas questões com V.ª Ex.ª.
Em primeiro lugar não faço qualquer referência ao sistema de saúde português, e se fizesse acredite que iria criticar de certeza, pois neste momento austero que o país atravessa, chego à conclusão que o direito à saúde, tal como consignado na Constituição da Republica Portuguesa, apenas é concedido a algumas pessoas, nomeadamente as que mais poder detém, quer este seja social ou económico.
Em segundo lugar, e mais uma vez permita-me discordar de V.ª Ex.ª, que refere que todos podem ter um seguro de saúde. Até podem se possuírem o dinheiro para pagar um seguro de saúde que inclua evacuações em aeronaves.
Dou-lhe desde já os meus parabéns caso seja um dos felizardos que tem acesso a esse tipo de tratamento, pois é sinal que tem possibilidades para tal.
Cumprimentos.