quinta-feira, 6 de julho de 2017

Embraer EMB -505-Phenom 300

   Embraer EMB-505- Phenom 300, a beleza da máquina de passagem por LPFL.
  Esta aeronave faz parte de uma frota propriedade da NetJets Europe, empresa vocacionada para a aviação executiva.
   https://www.netjetseurope.com/pt/a-sua-frota/Phenom300/
   



terça-feira, 4 de julho de 2017

C 295 FAP - LPCR Operations

Operações do C295 da Força Aérea Portuguesa, aquando da visita do Presidente da República à ilha do Corvo no mês de Junho de 2017.



quarta-feira, 24 de maio de 2017

Spotters: o que são?

    Spotters: o que são?




Aquele ser viciado em aviação e em alguns casos fotografia, que perde o emprego, família, namorada/namorado, mas não uma novidade no céu. Pode registrar sua “caçada” com foto ou então simplesmente anotando a matrícula da acft.”

http://diariodeaviacao.com.br/spotters-o-que-sao/

terça-feira, 7 de março de 2017

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Air Açores- Captain Fonseca last comercial flight to LPFL- All in one

O Comandante Fonseca efetuou hoje, dia 30 de Janeiro de 2017, a sua última viagem ao Grupo Ocidental, enquanto Comandante da SATA Air Açores.
Num voo proveniente da vizinha ilha do Corvo, o SP907, o Comandante Fonseca fez jus à sua fama, deliciando aqueles que tiveram oportunidade de presenciar, as manobras pouco usuais em voos comerciais.
Cerca das 13H20 mais preciosismo, menos preciosismo, o pequeno, grande, Dash Q200, apareceu por detrás da torre de controle do aeroporto das Flores, numa aproximação, que mesmo para um leigo, se verificou ser “baixinha”, e numa volta apertada à direita, ou final curta, como queiram, o Comandante Fonseca posicionou, de uma forma perfeita, a aeronave para a sua última aterragem em LPFL.
O momento seguinte, carregado de um grande simbolismo, foi proporcionado pelo corpo de Bombeiros do Aeroporto, os quais aguardavam à entrada da placa, pela passagem do Homem e da Máquina, que numa justa e merecida homenagem, foram brindados com poderosos jatos de água que jorravam das viaturas de combate a incêndios.
Diga-se, a titulo de curiosidade, que este tipo de homenagem é efetuada apenas em ocasiões especiais, tais como chegada de novas aeronaves, ou como foi o caso, por alturas de aposentação de pilotos consagrados.
Autorizado a pôr em marcha e a rolar para a Pista 36, o Comandante Fonseca levou o “seu” Q200 para a derradeira etapa da sua despedida. A descolagem.
Motores ao máximo, alinhamento perfeito, velocidade de rotação, subida positiva e ali foi ele rumo a um qualquer destino, não sem antes nos deliciar com uma volta à esquerda e uma passagem baixa pela Pista 18, batendo as asas num “acenar” de agradecimento . Magnifico. 
Boa viagem Comandante e obrigado pela dedicação.